sábado, 14 de junho de 2014

DISCIPULADO CRISTÃO EDIFICADO A IGREJA DE CRISTO




DISCIPULADO CRISTÃO EDIFICADO A IGREJA DE CRISTO



TEXTO ÁUREO
De sorte que as igrejas eram confirmadas na fé, e cada dia cresciam em número ( At 16:5).

VERDADE APLICADA
O discipulado cristão é o dever da igreja de Cristo, é o dever de cada cristão como membro do corpo.
TEXTO BÁSICO Mt. 4.18-22 Mt. 28.18-20
18 E- Jesus, andando junto ao mar da Galiléia, viu a dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, os quais lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores;
19- E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens.
20- Então eles, deixando logo as redes, seguiram-no.
21 -E, adiantando-se dali, viu outros dois irmãos, Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, num barco com seu pai, Zebedeu, consertando as redes;
22- E chamou-os; eles, deixando imediatamente o barco e seu pai, seguiram-no.

MT. 28.18-20

Mt 28:18 E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.
Mt 28:19 Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
Mt 28:20 Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.



INTRODUÇÃO
Basta uma breve conversa com alguns Cristãos, logo já se percebe a fragilidade quanto ao seu entendimento acerca da sagrada escrituras, pensando sobre isso, nasceu em meu coração o desejo de comentar sobre esse tema. “Discipulado Cristão edificado a igreja de Cristo”. A nossa visão como igreja quanto esse assunto está equivocado, pois ele tem se resumido somente na preparação do novo crente que irá descer as águas. “Nessa revista iremos abordar alguns ensinamentos que se faz necessário lembrar aos eternos “Talmidim” Comentário Judaico” de Jesus.
Nessa primeira lição adentraremos há esse tema tentando levar você, meu querido irmão há uma reflexão quanto ao ser dever de igreja discipuladora, na igreja local e na sociedade, usaremos lições neotestamentaria que nos ajudará a entender melhor o nosso papel, dever e posição diante do mundo e dos santos. Bons estudos!
I-DEFINIDO O CONCEITO BÍBLICO DE DISCIPULO E DISCIPULADO CRISTÃO
A encicopledia da bíblia teologia e filosofia nos da a seguinte definição do que vem a ser  discípulo. A palavra discípulo do “latim disclpuios” que significa aluno, aprendiz A raiz verbal é discere, “ensinar”. A palavra grega, pendente é mathetés, de onde também se deriva palavra que significa “aprender”. O termo “hebraico” talmíd vem de “talmad aprender” conforme se vê em 1º Crônicas 25:8 quando o texto se refere aos alunos de musicas da escola de Jerusalém.  O talmíd (aluno) ou talmidim no contexto histórico, cultural judaico e bíblico do antigo testamente indicava aqueles que seguiam algum rabino especifico e a sua escola de pensamento (parafraseado).
O conceito bíblico de discípulo do novo testamento é a formação de pessoas que desejam seguir a Cristo e não há igreja, discípulo e discipulado são irmãs andam juntas. A definição de discipulado é ação de quem ensina junto a quem se dispõe a querer aprender, biblicamente os discípulos de Jesus não foram obrigados a serem discipulados por Jesus eles se dispôs a aprender seguindo-o ( Mt. 4. 18-22).  Cada crente precisa entender que ele é um discípulo de Cristo e que ele deve também desenvolver o papel de um discipulador na igreja local e no reino de Deus
II- A IGREJA LOCAL E O DISCIPULADO CRISTÃO

O êxodo de muitos crentes de igreja para igreja é freqüente, isso é lamentável mais é uma realidade vivenciada dia por após dia. Qual seria o problema?Seria a inconsistência no discipulado cristão? A igreja local deve entender que o grande problema é sim a inconsistência do discipulado cristão, isso envolve um todo começando da teoria a pratica de uma caminhada de servir em integridade daqueles que são responsáveis pelo rebanho do senhor (1º 5.1-2). É bem verdade também que o comportamento do irmão mais velho tem causado transtorno no meio da congregação, os chamados donos da igreja local que deveriam  serem discípuladores agem com comportamentos de filhos das trevas, pesado falar isso mais é a mais pura verdade, são  causadores de contendas lançado fora os neófitos na fé cristã.
É necessário que cada um de nós que fazemos parte do corpo de Cristo cumpramos aquilo que é bíblico, “portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo (Mt 28. 19 Nvi). Esse deve ser o papel de cada membro da igreja local  que verdadeiramente teve a sua vida transformada pelo Espírito Santo de Deus. Que nasceram  pela palavra Deus.
 O êxodo de muitos crentes que perambulam e de igreja para igreja só será resolvido quando o discipulado cristão for mais consistente em palavra (Bíblia) e em testemunho de vida na caminhada. A linguagem de cada cristão discipulador da igreja local deve ser bibliocentrica, seu viver em tudo deve haver a manifestação do Cristo ressurreto. O cristão discipulador da igreja local deve ser sal da terra para temperar e conservar, luz para brilhar e manifestar as sua obras (Mt. 5. 13-16). É valido lembrar a todos da igreja local que os discípulos não são nossos eles deve ser de Cristo. Pois quem morreu por eles foi Cristo, o nosso papel é um só discípulá-los para ele!

III-DESAFIOS DO DISCIPULADO CRISTÃO


A bíblia nos ordena que façamos discípulos, e todo salvo deve cumprir esse mandato que ecoa dos céus (Mt 28.19). Sabemos que não é uma tarefa fácil   grande é o desafio de  fazer discípulos, pois gera sacrifício. Termo discípulo tem sido  distorcido tem-se ensinada em nossas igrejas de maneira que foge daquilo que é o correto. Um grande exemplo a ser observado é propagado por nós em nossas reuniões, quando o camarada levanta as mãos já é o suficiente é só esperar o próximo batismo que começa um discipulado para orientá-lo a ser legalista, cumprir alguns ritos já é o bastante. Seria esse o discipulado bíblico que levaria  o neófito  a compreensão do que de fato é cristianismo? Claro que não! É ilógico pensarmos assim, talvez seja essa a razão de muitas pessoas fazerem parte de uma igreja, em que elas cantam pula rodopia, nada contra, porém não consegue perdoar, respeitar e amar o próximo.
É um desafio fazer esse comentário, mas é necessário, pois estamos vivendo uma realidade que se não despertarmos as pedras vai falar, a igreja deve se conscientizar do seu papel de discipuladora, e começar a mudar de postura quanto a esse assunto tão esquecido que é o discipulado Cristão. A igreja precisa encarar esse desafio com prazer, como Paulo tinha quando gerava almas como também discípulava as mesmas (Fm 1.8-11).

IV-DISCIPULADO CRISTÃO EDIFICANDO A IGREJA DE CRSITO

A igreja fundada por Cristo e protegida e pelo mesmo tem hoje a incumbência de dar continuidade o que ele começou pregar, pregar, e ele acrescentará os que haverão de ser salvos (At.2. 47). Enquanto Cristo salva o nosso papel é instruir, confirmando a fé de cada há uma pela palavra que é o nosso manual. O nosso papel é fortalecer os neófitos na fé mediante a palavra de Deus (At  16. 5).  Deve ser inculcado na mente de cada cristão que ele é um discípulo e discipulador no reino de Deus, tendo o seu papel de transmitir a sã doutrina ( 1º Tt. 2.1). Desenvolvendo Cristo em si e no seu próximo, deve ser o papel de cada discipulador nessa ultima hora da igreja na terra ( 1º 2. 18). Que cada igreja local venha ter a preocupação em fazer verdadeiros cidadãos da terra e também do céu, homens que pensam nas coisas do alto que vive para agradar aquém o alistou ( 2º Tm.  2.4).


CONCLUSÃO

Discípular é uma árdua tarefa que cristo incumbiu à igreja, sabendo ele que não seria fácil deixou-nos uma linda mensagem de encorajamento “e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos( Mt 28. 20part b)”. Temos o mestre do nosso lando ,vamos avante ensinando todos quanto desejam aprender das sagradas escrituras.